Conhecimento sobre produção enxuta é diferencial no mercado de trabalho

19 de fevereiro de 20
1 / 1

A produção enxuta (ou Lean Manufacturing) é uma forma de gestão que busca reduzir sete tipos de desperdícios na produção industrial. São eles: superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos. Com essa redução, a qualidade do produto final aumenta e o tempo e os custos de produção diminuem. Por esse motivo, as empresas têm adotado a produção enxuta como filosofia aplicada à prática.


O principal responsável pela aplicação da produção enxuta é o engenheiro de produção. Para se preparar, o profissional deve aprender sobre as ferramentas da qualidade, como controles estatísticos, por exemplo. Além disso, ele precisa saber simular o produto com o menor custo possível, redução de desperdício e minimização de falhas e erros. A manutenção de máquinas e equipamentos e o marketing de produtos também passam pela produção enxuta. Portanto, é necessário que o engenheiro de produção tenha conhecimento tanto do mercado e do cliente quanto da fábrica.


Para o coordenador do curso de Engenharia de Produção da Uniube, professor Fabrício Pelizer, o Lean é uma ideia moderna no mundo todo. É ideal que o engenheiro de produção já saia da Universidade entendendo sobre a filosofia Lean. “Na preparação do aluno, desde o início do curso, é preciso que ele desenvolva projetos usando a produção enxuta para resolver desafios e tomar decisões. Por isso, temos um laboratório de Lean manufacturing e pós-graduação em Lean manufacturing”, explica Pelizer.


O aluno preparado tem a oportunidade de conciliar todos os conhecimentos adquiridos nos laboratórios e nas salas de aula com os estágios, nos quais coloca em prática o que aprendeu. Nesses ambientes de trabalho, entender sobre produção enxuta é um diferencial. “Alguns supervisores de estágio entram em contato conosco surpresos com como o aluno consegue enxergar falhas e melhorias na linha de produção de forma que alguns profissionais formados não conseguem”, conta o professor.


O curso na Uniube


O Curso de Engenharia de Produção da Uniube tem a finalidade de integrar novas tecnologias com o homem e os ambientes socioeconômicos. O objetivo do curso é formar profissionais com competência técnica para desenvolver atividades relacionadas à Engenharia, bem como para o desempenho de funções administrativas, gerenciais e de liderança em todos os níveis organizacionais de qualquer processo produtivo de bens e serviços.


O profissional formado em Engenharia de Produção na Uniube é bem recebido pelo mercado de trabalho graças à habilidade técnica e competência administrativo-gerencial, podendo atuar em vários setores: industrial, de serviços, agroindustrial, comércio e ainda no mercado financeiro.