Vice-diretor do curso de Direito da Uniube é o novo presidente da OAB/Uberaba

03 de dezembro de 18
1 / 1

O Vice-diretor do curso de Direito da Uniube, Eduardo Azank, foi eleito presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Uberaba, para o triênio 2019-2021.  A eleição ocorreu no dia 24 de novembro, tanto em âmbito municipal quanto estadual. Com 736 votos, esta é a segunda vez que o advogado e professor vai ocupar o cargo de presidente da OAB.


Além do vice-diretor, a chapa “União e Trabalho” conta com outros dois professores da Uniube para o trabalho na OAB/Uberaba, Lucas Coelho Nabut e Luciano Camargos. Como vice-presidente da Ordem, foi eleito o advogado e professor, também da Uniube, Rodrigo Vaz. “O resultado foi muito bom. Vencemos com o voto da maioria dos advogados uberabenses, que reconheceram o trabalho por nós realizado anos atrás e entenderam que temos condições de representá-los à altura. Tivemos também muitos votos dos nossos ex-alunos, que sabem do nosso trabalho como docente e também como advogados. É o reconhecimento de um trabalho que fazemos desde os bancos da Universidade e que continuamos a acompanhar na vida profissional de cada um”, enaltece o professor Azank.


Ainda segundo o presidente da OAB, há muito trabalho a ser desenvolvido. As prioridades são: defesa do exercício da profissão (Direito) e a formação continuada dos advogados (as). “Uma questão bastante importante é a valorização da profissão, incluindo o arbitramento de nossos honorários. Como professor e advogado, queremos que nossos alunos se dediquem ao máximo em seus estudos, para que, futuramente, possam nos representar, tanto na advocacia, no magistério ou em qualquer carreira jurídica que forem seguir. Para isso, sempre estaremos ao lado deles”, conclui.


Para a OAB Estadual foram eleitos como conselheiros os professores da Uniube: Eduardo Augusto Jardim, Helder Silva Batista, Maria Angélica de Queiroz Cosci e Richard C. Borges Maciel.