Uniube Uberlândia abre Mestrado Profissional em Educação

03 de maio de 16

O Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES), órgão vinculado ao MEC, autorizou a criação do Mestrado Profissional em formação docente para a educação básica no campus da Uniube, em Uberlândia. O início das aulas está previsto para agosto, quando serão ofertadas 20 vagas. O edital com todas as informações acerca do curso deverá ser publicado ainda neste mês de maio.

Este é o primeiro mestrado profissional em educação da região. A 163° reunião CTC-ES que aprovou a abertura deste curso na Uniube de Uberlândia, também autorizou o mestrado profissional em educação da Unicamp. Em todo o Brasil, na área de educação, são 32 mestrados. Em instituições particulares são nove, dos quais um é em Belo Horizonte e o outro é agora em Uberlândia.

O mestrado terá como coordenadores os doutores em Educação pela Unicamp, professores Luciana Beatriz de Oliveira Bar de Carvalho e Osvaldo Freitas de Jesus, e contará ainda com professores tanto de Uberlândia onde ocorrerá o mestrado, como também profissionais de Uberaba. A duração do curso variará de um a dois anos, prorrogáveis por mais 6 meses. O aluno deverá cumprir 28 créditos que correspondem a 420 horas, aproximadamente.

Segundo a coordenadora, professora Luciana Beatriz o mestrado profissional vai fornecer uma base intelectual e tecnológica importante ao professor que atua no mercado, possibilitando a ele uma formação mais abrangente. A oferta do mestrado profissional surgiu em decorrência de uma demanda por uma formação profissional diferente da adotada pelo mestrado acadêmico.

A titulação oferecida por um mestrado profissional tem a mesma validade de um acadêmico. Isto quer dizer que são as mesmas prerrogativas e o mesmo grau, em ambos os cursos, seguindo os critérios da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).