Uniube reconhece o protagonismo de idosos na história de Uberaba

29 de setembro de 18
1 / 1

Para celebrar o Dia Internacional do Idoso, a Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI) da Uniube promove, nesta segunda-feira (1º), o “Conversando com a História de Uberaba”. O evento tem a proposta de identificar o legado e reconhecer o papel do idoso no cotidiano, na realidade da comunidade e, principalmente, como protagonista da história do município. A abertura oficial será às 16h, no anfiteatro 2D56, no Campus Aeroporto.


A UATI é um programa de extensão da Universidade de Uberaba, que tem o propósito de valorizar e de incentivar ações para uma vida ativa e saudável do idoso por meio de atividades lúdicas, recreativas, além de compartilhar reflexões e de incentivar novas ideias. Este ano, com o intuito de ampliar essa atuação, a Uniube conferirá uma Menção Honrosa a 30 convidados com mais de 60 anos, que aceitaram dividir a sua história.


Logo após a abertura oficial, serão realizadas em seis salas temáticas, simultaneamente, as oficinas intituladas de “A vida que eu vivi”. Cada sala contará com a participação de cinco palestrantes. Eles terão 10 minutos para contar um pouco da história de vida (de onde vieram, o que viram, o que viveram e quais os desafios venceram) e também compartilhar as lembranças da história de Uberaba. As salas temáticas foram classificadas de acordo com as áreas do conhecimento: Educação e Cultura; Saúde e Vida; Comunicação e Direito; Tecnologia e Desenvolvimento; Esporte e Entretenimento; e Política e Negócio.


“A escolha de cada convidado considerou a contribuição dele na construção da história da cidade e, também, a facilidade de acesso e disponibilidade do idoso. Procuramos selecionar aqueles que, efetivamente, fizeram e fazem parte do ‘patrimônio’ e do consciente coletivo”, destaca o coordenador da UATI-Uniube, professor Caio Márcio Gonçalves, um dos organizadores do evento.


Para ele, o protagonismo do idoso na construção da história de Uberaba é indiscutível. “A visão de mundo da UATI postula que o legado é algo de valor, que deve ser compartilhado com outros indivíduos da mesma e de diferentes faixas etárias e gerações. Nós queremos, continuadamente, reconhecer o papel do idoso como protagonista na memória da cidade. Dessa forma, desejamos institucionalizar o Dia Internacional do Idoso na Uniube, com a realização anual do Conversando com a História de Uberaba”, diz Caio.


O evento é gratuito e aberto à comunidade. Quem tiver interesse em participar pode se inscrever por meio do seguinte endereço eletrônico: https://bit.ly/2zDs45n. Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone (34) 3319-8723 ou no e-mail uati.extensao@uniube.br.