Uniube realiza 2° Marcha dos Penitentes

24 de abril de 19
1 / 2
2 / 2

A 2° edição da Marcha dos Penitentes foi realizada, na quarta-feira (17), no bloco I, da Universidade de Uberaba (Uniube), Campus Aeroporto. A celebração, organizada pelo professor Décio Bragança, reuniu alunos e colaboradores da instituição, com o objetivo de refletir sobre a vida e as atitudes humanas na Semana Santa.


Durante a celebração, os fiéis declamaram canções religiosas, enquanto caminhavam em torno da cruz com os símbolos que representavam a morte de Jesus. Na oportunidade, o coordenador do evento, professor Décio Bragança, explicou o significado de cada símbolo, bem como a importância da Páscoa para os cristãos.


Neste ano, a novidade na Marcha dos Penitentes foi a ausência da figura de Jesus. “A gente imaginou que seria mais interessante trabalhar com símbolos, sem ter um ator fazendo o papel de Jesus, porque queremos lembrar muito mais que a morte, a gente quer lembrar o que ela significou”, explica Décio.


Para a professora Rosana Castejon, que esteve presente na celebração, a realização da Marcha é significativa. “As pessoas estão sem religiosidade, não temem mais a Deus, não têm mais pensamento na divindade, a Marcha é um momento em que a gente pondera o nosso desenlace com Deus”, conta.


A colaboradora Franciele Souza Soares, que participou pela primeira vez, se encantou com a celebração. “A presença de Deus nesse momento foi inexplicável. Acho essencial para a gente relembrar o que realmente significa a Páscoa”, ressalta.