Uniube nomeia gestão para serviços de saúde em Odontologia

04 de agosto de 21
1 / 1

O cirurgião-dentista e professor universitário, Fernando Hueb, passa a assumir, a partir desta semana, a gestão dos serviços de saúde na área de Odontologia da Uniube. O novo cargo engloba a atuação administrativa nas clínicas de graduação e pós-graduação, além do serviço de odontologia hospitalar. A nomeação faz parte das reestruturações promovidas pela Instituição para a melhoria dos serviços de saúde.


Desde o começo deste ano a Universidade implementou mudanças que visam potencializar a qualidade dos serviços e cursos de saúde. "Nós assumimos a responsabilidade da gestão da área da saúde para que pudéssemos buscar um modelo de gestão efetivo, trazendo junto a eficiência e eficácia da organização dos processos e, consequentemente, o resultado. E esse resultado é tanto da empresa, na reestruturação de todos os processos, como na área da saúde local, como prestadora de serviço e formadora de profissionais", explica o diretor da área/serviços em saúde, Iraci Neto.


A reestruturação propõe um planejamento estratégico de cinco anos e o envolvimento dos colaboradores, por meio da análise de indicadores e o estabelecimento de metas e processos. "Nós estamos vivendo um momento atípico, de uma das maiores crises sanitárias, com a covid-19. Então, sendo a maior empresa privada do município e uma das maiores do estado, a Uniube tem realmente como visão e valores sempre os processos de melhorias, atrelados às suas responsabilidades sociais junto às comunidades locais. Nós queremos, então, garantir a realização de todos os objetivos vinculados a esse planejamento estratégico, garantindo a efetividade da organização em todas as áreas e campos", continua Iraci.


 


Especificamente na Odontologia, a Universidade passa a contar com uma nova gestão, focada nos serviços de saúde da área. O curso de Odontologia da Uniube tem mais de 70 anos de atividade e conta com práticas na policlínica Getúlio Vargas, localizada no campus Centro da Instituição, e no Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU). "A Odontologia é referência no Brasil como formadora de excelentes profissionais para o mercado de trabalho. Estão entre minhas atribuições o aprimoramento da gestão administrativa, buscando maior efetividade da aplicação dos recursos, conciliando em sintonia com a direção do curso de Odontologia a qualidade no ensino dos nossos alunos. Considerando que as Clínicas Odontológicas são prestadoras de serviços vinculados ao SUS, bem como um ambiente acadêmico de formação profissional, o principal desafio será buscar o equilíbrio dessas demandas, por meio de uma Gestão Administrativa Eficiente", conta o gestor dos serviços odontológicos da Uniube, Fernando Hueb.


A Odontologia da Uniube atua também como prestadora de serviços em políticas públicas voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população, por meio da saúde bucal. "Nós temos que buscar sempre a qualidade do serviço prestado ao nosso cliente, ao nosso usuário ou ao nosso paciente. Então, essa expectativa de uma gestão inovadora, diferente, para ter esse olhar completo na parte administrativa, desses processos dentro da organização, que é a clínica de odontologia, a pós-graduação, um laboratório de prótese, como também os serviços de saúde odontológica em nível hospitalar, é muito necessária e importante", pontua o diretor de serviços de saúde.


Benefícios na formação dos alunos


As mudanças implementadas visam também fortalecer cada vez mais o ensino dos alunos da saúde. "Tudo isso vai proporcionar um salto de qualidade na formação acadêmica dos alunos da Uniube, pois vai oportunizar o desenvolvimento de lideranças. Nós vamos formar líderes, por meio dos nossos colaboradores, que vão ser responsáveis ou corresponsáveis pela gestão dessas avaliações e desses monitoramentos. Ou seja, o aluno vai ter conhecimento desse processo também, ter noção da gestão de uma clínica, extremamente necessária para quando ele estiver no mercado de trabalho", conclui Iraci.