Uniube marca presença na Rodada de Educação Empreendedora

11 de maio de 17
1 / 3
2 / 3
3 / 3

Dez professores da Universidade de Uberaba (Uniube) participaram, em São Paulo, da 7ª edição da Rodada de Educação Empreendedora (REE). Eles estavam acompanhados pela professora Dionir Andrade, coordenadora do Programa Uniube Empreendedora, implantado na universidade com os objetivos de proporcionar um ambiente acadêmico que favoreça o empreendedorismo e a inovação; agregar valor à Uniube como uma instituição de ensino empreendedora; despertar o interesse de alunos e professores para atuar com comportamento empreendedor e contribuir com o desenvolvimento de Uberaba, por meio da cultura empreendedora e de organizações mais competitivas.


O evento foi organizado pela Endeavor e SEBRAE, que convidou para apresentações as melhores práticas e referências para ajudar na consolidação das instituições de ensino superior como principais agentes do desenvolvimento econômico e social, indo muito além do impacto na sala de aula e em sua comunidade.


A REE foi realizada na última terça-feira (9), no Melicidade, nova sede do Mercado Livre, que é um espaço de 17.000 m² de pura inovação e criatividade. Inspirado nas empresas do Vale do Silício e incorporando elementos brasileiros, o campus sustentável conta com uma estrutura impactante para eventos, salas para workshops e espaços de convivência.


A agenda do evento foi construída a partir das recomendações da 4ª edição da Pesquisa Empreendedorismo nas Universidades Brasileiras, lançada no final de 2016, e permite a conexão com a rede que transforma o Brasil por meio do empreendedorismo.


Segunda a professora Dionir Andrade, a Rodada inspirou os participantes com casos de instituições empreendedoras e experiências de profissionais inovadores. “As histórias de empreendedores que iniciaram seus projetos ainda na universidade servem para inspirar ainda mais iniciativas de sucesso em educação empreendedora. É preciso sempre se capacitar com a apresentação das melhores práticas e ferramentas, com referências do Brasil e do mundo, para explorar o empreendedorismo muito além da sala de aula”, destacou Dionir.


Estiveram presentes especialistas de instituições como Babson, SUNEO, Unicamp, UNIFEI, UFV, IFRS, Insper, dentre outras, para discutir os desafios da educação empreendedora.