Residentes Multiprofissionais da Uniube publicam artigos em revistas científicas

01 de julho de 21
1 / 3
2 / 3
3 / 3

Pós-graduandos da Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde em Rede da Universidade de Uberaba (Uniube) publicaram, no último mês, quatro artigos científicos em revistas nacionais e internacionais. As pesquisas são frutos de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) de residentes de diversos cursos da área da Saúde.


Foram quatro artigos publicados, sendo três voltados à saúde mental e psiquiatria e um sobre o uso de máscaras entre profissionais de enfermagem durante a pandemia da Covid-19. Os textos foram publicados nos periódicos nacionais: "Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social", "Ciência, Cuidado e Saúde", "Texto e Contexto Enfermagem"; e no periódico internacional: "Journal of Psychosocial Rehabilitation and Mental Health".


Segundo a professora doutora em Enfermagem Psiquiátrica e preceptora em Saúde Mental junto à Residência Multiprofissional de Uberaba, Marciana Fernandes Moll, todas as temáticas pesquisadas são extremamente relevantes para a atual situação pandêmica que o país enfrenta. Os estudos contaram com a participação de residentes da Psicologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Enfermagem.


Marciana explica que as pesquisas voltadas às temáticas da saúde mental e psiquiatria seguiram o levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que identifica um aumento no número de pessoas com comprometimentos emocionais desde o início da pandemia e que tende a aumentar, ainda mais, depois desse período.


Em relação ao estudo sobre o uso de máscara por profissionais da enfermagem em outros locais além do trabalho, a professora doutora conta que a pesquisa foi feita a fim de avaliar os cuidados individuais e coletivos desses profissionais durante a pandemia da Covid-19 no Brasil, uma vez que a categoria da enfermagem representa o maior contingente profissional em serviço de saúde.


"Recentemente foi publicada pela Organização Mundial de Saúde a necessidade de se redimensionar as práticas de saúde mental com a intensificação de práticas psicossociais e interprofissionais e isso demonstra a importância dos estudos científicos desenvolvidos, pois eles abordam temáticas que envolvem a qualidade e a humanização dos cuidados em saúde mental. Além disso, acredito que as vivências na Rede de Atenção Psicossocial que ocorrem durante a residência multiprofissional, associadas ao desenvolvimento de pesquisas nesta área, favorecem o desenvolvimento de habilidades técnicas, relacionais e éticas para a prestação de cuidados fundamentados nas necessidades contemporâneas", comenta a professora doutora Marciana Fernandes.


Experiência dos residentes


As intervenções para o estudo foram feitas nos Centros de Assistências Psicossociais da cidade de Uberaba, com objetivo de entender melhor a lógica do funcionamento das redes, contribuindo, assim, para a formação dos alunos junto à residência.


A psicóloga e residente em Atenção à Saúde em Rede, Jenifer Graneli Soares, que participou de dois dos quatro artigos, conta que as publicações tiveram grande importância para ela, já que as pesquisas in loco proporcionaram experiências que contribuirão para a atuação profissional.


"Nosso objetivo durante o estudo consistia em conhecer a rede de saúde mental uberabense e alimentar algumas atuações. Após os estudos, despertou em mim o interesse em entender um pouquinho melhor a lógica de funcionamento, considerando lacunas de pesquisas a partir da perspectiva das cuidadoras dos locais em que atuamos. Foi a partir das experiências que tivemos que conseguimos construir ações e apresentar nosso estudo de caso", compartilha.


O residente e fisioterapeuta Darlisson Buenos Paranhos também esteve presente em um dos estudos junto com Jenifer. Para ele, participar de pesquisas é uma oportunidade de aprendizagem riquíssima e que contribui para o processo de formação profissional de cada um.


"O processo de pesquisa é muito prazeroso, porém muito árduo. A parceria com meus colegas de pesquisa me proporcionou grandes aprendizados sobre a temática das residências terapêuticas. A publicação de um artigo é sempre gratificante. É o resultado de um esforço em equipe que contribui para o conhecimento que pode ser levado a uma parte da sociedade e a outros pesquisadores", avalia Darlisson.


Os artigos estão disponíveis em:


 - "Promoting Citizenship and Access to the Right to Health: a Look of Caregivers" (Journal of Psychosocial Rehabilitation & Mental Health): https://doi.org/10.1007/s40737-021-00219-7


 - "Fisioterapeutas e a internação psiquiátrica em hospitais gerais: cuidados e capacitação profissional" (Revista Ciência, Cuidado e Saúde):  
https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/53494


- "Prática do uso de máscaras entre profissionais de enfermagem no Brasil na pandemia da covid-19" (Texto e Contexto Enfermagem): https://www.scielo.br/j/tce/a/V9RWqtSf5rvSG6H49Q3hVDM/?lang=en


- "Direito à proteção social e à saúde entre moradores de serviços residenciais terapêuticos?"(Refacs): http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/refacs/article/view/4821