Psicólogos da Uniube ministram curso no Instituto Gregório Baremblitt

04 de fevereiro de 20
1 / 3
2 / 3
3 / 3

Três colaboradores da Clínica de Psicologia da Universidade de Uberaba (Uniube) participaram, no fim de janeiro, do curso de Formação de Esquizodramatistas, do Instituto Gregório Baremblitt, em Belo Horizonte. Os psicólogos clínicos, esquizoanalistas, esquizodramatistas, Carolina Rocha de Carvalho, Gregório Kazi, professores do curso de Psicologia, e Ettore Fonseca Scalon, preceptor, realizaram a intervenção por meio do esquizodrama ‘Devir-Acontecer’.


Na ocasião, houve explanação teórica, debates e discussões acerca da atividade. O Esquizodrama é um dispositivo criado pelo médico e esquizoanalista, Gregório Baremblitt. O dispositivo tem como base a Esquizoanálise, linha teórica ministrada no curso de Psicologia da Uniube pelo professor Gregório Kazi.


O curso de formação reuniu cerca de 90 pessoas na capital mineira, entre elas, alunos e ex-alunos de Psicologia. “Foi uma honra muito grande poder ministrar, como professor, parte do curso de Formação de Esquizodramatistas. Trabalho há 25 anos com o doutor Gregório Baremblitt no desenvolvimento teórico e prático da Esquizoanálise e da Psicologia Social em diversos lugares da América Latina”, conta Kazi.


Para Ettore, contribuir com um evento dessa magnitude, com representação de várias regiões do país, e ter cumprido os objetivos com êxito são motivos de satisfação. “Foi uma alegria e privilégio compartilhar a experiência e contribuir desenvolvendo conceitos teóricos dessa abordagem e de compor a equipe que coordenou o esquizodrama ‘Devir-Acontecer’”, finaliza.