Projeto Mímesis, do Nepedill, finaliza primeiro semestre com participação de mais de 640 alunos de IES de todo o país

13 de agosto de 21
1 / 8
2 / 8
3 / 8
4 / 8
5 / 8
6 / 8
7 / 8
8 / 8

O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Direito e Literatura Legis Literae, da Universidade de Uberaba (Nepedill/Uniube), reuniu estudantes de Direito de todo o país, no primeiro semestre de 2021, com as palestras e bate-papos do Projeto Mímesis, criado com o objetivo de discutir obras literárias correlacionadas com os estudos de Direito. Ao todo, 40 universidades - 39 brasileiras e 1 portuguesa - participaram dos encontros virtuais, que reuniram mais de 640 estudantes.


De acordo com a professora à frente do Nepedill/Uniube, doutora Thaísa Haber Faleiros, esse alcance do Projeto Mímesis é positivo e enriquecedor, já que divulga o nome do Nepedill e, consequentemente, da Uniube para outras Instituições de Ensino Superior (IES), das cinco regiões do país.


"Nas reuniões, há troca de conhecimento entre os diversos alunos, pois todos podem participar com comentário, observações e questionamentos sobre a obra que está sendo discutida e suas relações com o fenômeno jurídico. Isso contribui na formação profissional dos alunos, já que fomenta um debate crítico sobre o direito e seus fundamentos, convidando-os a adotarem uma postura sensível frente à realidade social, pois acreditamos que a formação do jurista deve ultrapassar o entendimento técnico das leis", explica a líder do Nepedill.


Projeto Mímesis


O Projeto Mímesis, do Nepedill/Uniube, foi criado no primeiro semestre de 2020, com o objetivo de integrar o estudo literário com as obras jurídicas preexistentes para estudo no curso de Direito. Ao longo dos semestres, os alunos leem as obras literárias indicadas pelo curso e elaboram redações que são debatidas e integralizadas por todas as disciplinas.


Segundo um dos pesquisadores do Nepedill e egresso do curso de Direito da Uniube, Lucas Mazete, o Mímesis dá ao aluno a possibilidade de uma visão mais ampla da profissão, indo além do senso crítico. "A participação de alunos de outras universidades reside na possibilidade de estabelecer um intercâmbio de ideias com outras IES que também estudam as relações entre Direito e Literatura e, a partir daí, fortalecer o nome da nossa universidade", avalia Lucas.


O Projeto Mímesis faz parte dos Projetos de Extensão da Uniube e é aberto a toda a população. Para o segundo semestre do ano, a programação já está sendo montada com mais atividades on-line. A expectativa dos pesquisadores do Nepedill é atrair ainda mais alunos de outras instituições. "No final de agosto e no mês de setembro, teremos palestras sobre as obras do trabalho integrado do curso de Direito. A programação será divulgada nas redes sociais do Nepedill (@nepedill)", compartilha o pesquisador.