Projeto da Uniube é selecionado para o Edital da Água, da Mosaic

17 de agosto de 20
1 / 1

O projeto de recuperação das nascentes e da cobertura vegetal da área de preservação permanente do Parque do Paço foi um dos aprovados para participar do Edital da Água, da empresa Mosaic Fertilizantes. A ação é desenvolvida por professores da Uniube e tem o objetivo de apoiar organizações e Instituições de Ensino Superior que tenham atividades com o foco na gestão e disponibilidade de água.


Para a implementação da ideia, a empresa doará R$45 mil para cada proposta. O projeto desenvolvido pela Uniube realizará a remoção da vegetação invasora; a retirada total do lixo acumulado; o levantamento geral da vegetação nativa; o levantamento planialtimétrico da área; a implantação de projeto de irrigação; entre outras atividades.


O coordenador da ação e docente Caio Gonçalves explica a escolha do Parque do Paço. “A escolha se deu pelo fato de essa ser uma região estratégica que precisa de um processo de revitalização. O parque estava sendo invadido por espécies não nativas e, por meio dessas ações, nós pretendemos revigorar e propiciar maior segurança para todos que utilizam o local”, ressalta.


O coordenador técnico e professor Plauto Riccioppo evidencia a parceria da Mosaic para a efetivação do trabalho. “A Mosaic, assim como a Uniube, tem a premissa de contribuir para a sociedade e o meio ambiente. Assim, quando a professora Dionir e o professor Caio me colocaram no grupo, eu logo vi a oportunidade de a gente apresentar algum projeto que pudesse ter o alcance social e ambiental”, afirma Caio Gonçalves.


A coordenadora do projeto e da Unitecne, Dionir Andrade, destaca a importância da participação da Incubadora de Empresas no Edital da Água. “O apoio desse edital fortalece a integração entre universidade e empresa no desenvolvimento de projetos que visam ao benefício da comunidade. Essa será uma oportunidade para os empreendedores incubados se engajarem e exercitarem as ações referentes a negócios de impacto”, pontua.


A proposta será conduzida operacionalmente pela professora e coordenadora da Unitecne, Dionir Andrade, e terá como coordenador técnico o professor e coordenador do Núcleo de Práticas em Engenharia, Informática e Arquitetura, Plauto Riccioppo. Integram a equipe do projeto os professores André Fernandes, Caio Gonçalves, Gabriela Marcomini, Leonardo Assis e Ricardo Baratela. A empreendedora do Instituto Ambiental Aondê, Aline Claro, e os pesquisadores Eusímio Fraga e Vinícius Rezende também participam da ação.