Professor Mário Palmério é capa do Estadão

13 de agosto de 19
1 / 1

Os livros “Vila dos Confins” e “Chapadão do Bugre” de Mário Palmério, fundador da Universidade de Uberaba, foram destaques em uma matéria feita pelo jornalista André Cáceres para o jornal O Estado de S. Paulo (Estadão). A divulgação foi capa do caderno de literatura “Aliás” e contou com a análise das obras, que tratam de romances regionalistas.


“Em sua obra, Palmério pinta um panorama polifônico de como a política se insinua na vida do campo, sempre sob o signo da ambiguidade entre civilização e barbárie: as eleições, símbolo da democracia, suscitam o lado mais brutal do vilarejo. Se esse contraste é nítido na suja disputa eleitoral de Vila dos Confins, torna-se diluído em Chapadão do Bugre, de 1965.”


Veja a matéria na íntegra em: ALIÁS 


As duas obras do educador, escritor e político Mário Palmério estão com novas edições lançadas pela editora Autêntica.


Confira:  VILA DOS CONFINS /// CHAPADÃO DO BUGRE