Professor da Pós Uniube realiza entrevista com Otávio Müller pelo YouTube

02 de setembro de 21
1 / 2
2 / 2

O professor do curso de Especialização em Crítica Cinematográfica, Franthiesco Ballerine, fez uma entrevista com o ator Otávio Müller  no último mês. O bate-papo aconteceu no quadro Artista do mês, no canal do docente disponibilizado pelo YouTube. Franthiesco é formado em jornalismo e atua na área de cultura há 20 anos. Ele é responsável pela disciplina "Cinema de Autor" e pelo seminário "Grandes diretores do cinema" da pós-graduação, que foi recentemente lançada pela Instituição para inscrições em todo o país.


O canal foi criado por Franthiesco para tratar, inicialmente, de assuntos relacionados ao jornalismo cultural, cinema brasileiro e mundial, temas tratados nos livros escritos pelo jornalista. "Aos poucos, algumas assessorias foram me procurando e aí eu decidi criar uma sessão no meu canal chamada "Artista do mês", em que eu falo com um artista bem bacana e um pouquinho sobre os trabalhos desenvolvidos por ele. E alguns artistas estavam com lançamentos e com isso aproveitei o gancho, acabou tendo uma pegada jornalística também. Eu aproveito esse gancho de lançamento dessas pessoas no mercado para fomentar esta sessão de artista do mês", conta Franthiesco.


Ainda segundo ele, o contato com profissionais da área para a atualização do que acontece no mundo artístico é muito importante. "Eu fiquei muito feliz de fazer a entrevista com o Otávio. Nós precisamos sempre ficar atentos nesse meio, alinhados com o que acontece, porque isso é o que alimenta também as aulas com os alunos. E a cultura está passando por um momento muito difícil hoje no Brasil, mas ela vai sobreviver. Ela é muito importante, precisa ser preservada, porque é o retrato, o espelho do país", continua.


A entrevista com o humorista Otávio Muller tratou sobre o lançamento do novo filme "Álbum em Família", que foi inspirado em Nelson Rodrigues. Otávio atuou no "Zorra" e tem estreia marcada para a próxima novela das 9, da Rede Globo, Um lugar ao sol. "Eu sou completamente apaixonado pelo Nelson, eu tenho outros projetos dele e é muito difícil contracenar por zoom, foi o primeiro trabalho que eu fiz na pandemia, depois eu logo emendei no Zorra", diz Müller durante a entrevista.


Franthiesco é finalista do 60º Prêmio Jabuti pelo livro 'Poder Suave - Soft Power'. É jornalista e doutorando em Comunicação Midiática, Processos e Práticas Socioculturais, com especialização em audiovisual e jornalismo cultural. Acumulou experiência como repórter, redator, crítico de cinema e correspondente em países como EUA, Índia, Canadá, México e Argentina, trabalhou também para o jornal O Estado de S.Paulo e na Rádio Eldorado. Foi crítico de cinema da TV Gazeta e colunista de jornalismo cultural do Observatório da Imprensa. Atualmente, é colunista de soft power do norte-americano Fair Observer. Ministrou palestras e master classes sobre cinema e jornalismo na Universidade de Chicago, Universidade de Illinois, Loyola University e Harvard University, nos EUA, além da Freie Universitat de Berlim. É autor dos livros 'Diário de Bollywood' (2009), 'Cinema Brasileiro no Século 21' (2012), 'Jornalismo Cultural no Século 21' (2015), 'Poder Suave - Soft Power' (2017), com prefácio do ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira, e 'História do Cinema Mundial' (2020), prefaciado por Walter Carvalho, diretor de Fotografia de Central do Brasil, indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Produziu filmes, como o documentário 'Bollyworld' e 'Legacy', este feito para a marca italiana Giorgio Armani, além de 'Nome', seu primeiro trabalho de direção e roteiro, tendo participado de seis festivais nacionais e internacionais.


Confira a entrevista completa em: https://www.youtube.com/watch?v=8s0o25uSP3o

A Pós Uniube


Especialização em Crítica Cinematográfica está com inscrições abertas. A Pós tem o objetivo de oportunizar uma formação específica de alunos na área de cinema, por meio de um curso que é inédito no país. A modalidade da pós será Ao Vivo, ou seja, os alunos poderão participar das aulas por meios digitais com interações síncronas. Ela tem duração de 15 meses e será ofertada em todos os polos da Universidade.


A gestão está localizada no Polo de Itatiba, interior de São Paulo, mas a pós é ofertada para todo o Brasil via aulas síncronas mediadas pelo Google Meet. "Eu estou bastante animado com a pós, acho que vai ser incrível passar a experiência tanto teórica, de toda a pesquisa que eu fiz na área de jornalismo cultural, de crítica de cinema, quanto a prática, que é o que eu mais gosto mesmo de fazer: os alunos botarem a mão na massa. Acho que o curso tem um enorme potencial para formar novos críticos, novos escritores da área de cultura no Brasil", finaliza o professor Franthiesco.


Os interessados podem se inscrever pelo link: uniube.br > especialização > ao vivo.