Onça-parda recebe festa de despedida no HVU

21 de outubro de 19
1 / 3
2 / 3
3 / 3

O Hospital Veterinário de Uberaba (HVU) realizará, nos dias 23 e 25 de outubro, às 14h, uma festa de despedida para uma onça-parda que está em tratamento desde junho. Serena, como foi batizada pelos alunos de Medicina Veterinária da Uniube, foi resgatada pela Polícia Ambiental de Uberaba depois de ter sido atropelada e encaminhada ao setor de emergência do HVU. Na ocasião, alunos do Colégio Marista Diocesano estarão presentes. O animal será transferido para uma instituição especializada em recuperação de felinos.  


Também conhecida como suçuarana, o animal é muito comum na região do cerrado. “São felinos muito ágeis e de difícil visualização. Eles se alimentam de outros animais silvestres, como paca, catetos e cutias, mas eventualmente predam também animais domésticos ou de criação, como vacas, galinhas e porcos. Dessa maneira, as onças podem se tornar um problema para os criadores de animais domésticos. A caça ainda é um problema na nossa região devido à falta de informação sobre estes grandes predadores”, explica o gerente clínico do HVU e médico-veterinário, Cláudio Yudi.


Serena chegou ao hospital com fratura no braço esquerdo e traumatismo craniocefálico grave. “O traumatismo da cabeça deixou-a sem visão por mais de uma semana e impediu-a de andar. Foram realizadas duas cirurgias para colocação de placas e parafusos para estabilização da ferida. As cirurgias foram realizadas com sucesso pela equipe de Cirurgia de Pequenos Animais do HVU, que é formada por professores, médicos-veterinários e alunos de Medicina Veterinária da Uniube”, enaltece Cláudio Yudi.


Atualmente, a onça está no setor de animais silvestres e é avaliada todos os dias pela equipe responsável do setor. “A Serena está sendo preparada para a despedida no HVU. A onça será encaminhada para uma instituição especializada em recuperar felídeos que sofreram algum trauma. Ela ficará responsável pela adaptação do animal. Mais tarde, quando estiver apto à soltura, voltará para Uberaba e a Polícia Ambiental será responsável por esta em reserva da região”, continua.


           


Participação do Colégio Marista


Para a festa de despedida da Serena, estarão presentes os alunos do 2º ano do Ensino Fundamental I do Colégio Marista Diocesano. “Nós estamos trabalhando os animais, classificação, habitat e tipo de alimentação. Com isso, entramos em contato com o Hospital Veterinário para que pudéssemos alinhar teoria e prática e, então, tivemos a proposta de levar nossas crianças ao Hospital para a despedida da Serena”, conta a professora do colégio, Luciana Rodrigues Rocha Santana.


Ela explica também que irá repassar a história de Serena para os alunos, que irão desenvolver uma carta de despedida para o animal. “É um imenso prazer trabalhar com os nossos alunos a questão da educação ambiental, que é um tema que estamos vivenciando atualmente. Nós precisamos conscientizá-los para que conscientizem as famílias”, conclui.