NEPEDILL/Uniube publica seis artigos em obra coletiva

17 de março de 21
1 / 8
2 / 8
3 / 8
4 / 8
5 / 8
6 / 8
7 / 8
8 / 8

O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Direito e Literatura Legis Literae da Universidade de Uberaba (NEPEDILL/Uniube) teve seis artigos publicados como capítulo de livro em uma obra coletiva denominada "Mulher, Direito e Literatura", da editora Sala de Aula. Entre os autores, estão a professora e doutora da Uniube Thaísa Haber Faleiros, as alunas do curso de Direito Maria Gabriella Nunes Souza e Alissa Moreira e os ex-alunos da Uniube Amanda Danyane e Lucas Ferreira Mazete Lima.


A obra foi composta a partir de edital de seleção e conta com textos de pesquisadores de diversas universidades e programas de pós-graduação de todo o país. Os artigos publicados também contam com a autoria e coautoria dos pesquisadores Guilherme Gonçalves Alcântara, Paulo Silas Filho ? membros do NEPEDILL/Uniube -, Dayane Escobar Texeira, Luísa Giuliani Bernsts e Larissa Zucco.


"O NEPEDILL existe com ênfase no estudo de temas jurídicos, a partir da Literatura, em uma perspectiva interdisciplinar. É muito gratificante perceber que nosso trabalho tem rendido bons frutos, do ponto de vista individual, na certeza do aprimoramento de nossos estudantes e do ponto de vista institucional, já que nosso trabalho tem projetado positivamente o nome da Uniube", conta a professora à frente do grupo de pesquisa doutora Thaísa Faleiros.


A aluna Amanda Danyane de Almeida, autora do artigo intitulado "Participação feminina na política: um olhar a partir da obra Vox de Christina Dalcher", conta que o tema escolhido, muitas vezes, reflete e analisa cenas atuais do cotidiano. "Acredito que a discussão contínua sobre esse tema aliada à divulgação efetiva aproxima as mulheres daqueles espaços, no sentido de se tornar acessível, mostrando a potencialidade de transformação provocada com a abertura dos espaços para elas e o reconhecimento de seu direito à voz", pontua.


A aluna e pesquisadora Maria Gabriella Nunes seguiu a obra Tereza Batista Cansada de Guerra, de Jorge Amado, para produção do artigo e conta a relação retratada na obra, de 1972, com as mulheres nos dias atuais. "A personagem central encarna e traduz a força da mulher brasileira, que trava diariamente uma luta contra seus maiores inimigos, o patriarcado, o machismo, a misoginia, a diferença salarial, a cultura da violência física, o abuso sexual, a tortura psicológica, o tráfico infantil, a discriminação com a prostituição, e não menos importante, a intensa falta de sororidade das mulheres entre si mesmas", compartilha.


O pesquisador e membro do NEPEDILL/Uniube e organizador da obra, Paulo Silas Filho, conta que a proposta para organizar "Mulheres, Direito e Literatura" surgiu após entender a necessidade de estender o eixo na relação "Direito e Literatura". "Essa obra reúne dezenas de trabalhos sérios e comprometidos que contribuem para o movimento, a partir de uma perspectiva de gênero", comenta.


 A obra está disponível em versão e-book no site da Amazon.


Os artigos dos pesquisadores do NEPEDILL que estão na obra são:


- ALTERIDADE VERSUS XENOFOBIA EM SITUAÇÕES DE CRISE: BREVE ANÁLISE A PARTIR DE AS  INTERMITÊNCIAS DA MORTE, DE JOSÉ SARAMAGO


Alissa Moreira Araújo


- PARTICIPAÇÃO FEMININA NA POLÍTICA: UM OLHAR A PARTIR DA OBRA VOX, DE CHRISTINA DALCHER    


Amanda Danyane de Almeida Silva e Thaísa Haber Faleiros


- A LÍNGUA DO PATRIARCADO: A MULHER COMO (NÃO) SUJEITO DE DIREITOS


Dayane Escobar Teixeira e Guilherme Gonçalves Alcântara


- UMA REFLEXÃO COM A OBRA LITERÁRIA TEREZA BATISTA CANSADA DE GUERRA, DE JORGE AMADO        


Maria Gabriella Nunes Souza


- CRISE E DIREITO: POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES A PARTIR DE CLARICE LISPECTOR E A TEORIA DA JUSTIÇA DE NANCY FRASER


Luísa Giuliani Bernsts e Lucas Ferreira Mazete Lima


- A INEXISTÊNCIA DE MACABÉA ENQUANTO VIDA E MORTE: UM BREVE RETRATO DAS TANTAS MULHERES EXCLUÍDAS


Larissa Zucco e Paulo Silas Filho