MPHU realiza primeira cirurgia de hérnia por endoscopia de Uberaba

08 de fevereiro de 17
1 / 1

O Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU) realizou, na última semana, a primeira cirurgia Endoscópica da Coluna Vertebral para o tratamento de Hérnia Discal. O procedimento teve duração de 40 minutos. De acordo com o médico ortopedista, Anderson Dias, especialista em Cirurgia da Coluna Vertebral, a paciente era portadora de hérnia de disco lombar e estava em tratamento, com fisioterapia e medicação, há oito meses. Sem melhoras, a equipe médica optou pelo tratamento endoscópico. “A cirurgia consiste na retirada do fragmento do disco herniado com auxílio de uma micro câmera, através de uma incisão na pele de menos de um centímetro. Tal procedimento já vem sendo realizado nos grandes centros do país e fez parte da formação da equipe de cirurgiões de coluna, que integra o corpo clínico do Hospital Mário Palmério. Desta forma optamos por introduzir o procedimento em Uberaba”, explica Anderson Dias.


A equipe médica, que realizou a cirurgia, contou com a participação dos ortopedistas Leonardo Gaia, Jorge Mauad e David Delcorto, de São Paulo. Ainda segundo o médico Anderson Dias, este tipo de cirurgia apresenta a vantagem de não necessitar de anestesia geral, sendo feita apenas a sedação e anestesia local. “Possibilita diminuir o risco de infecção, dor pós-operatória e tempo de internação que representam outros pontos positivos da cirurgia. A paciente, no pós-operatório, de imediato já relatou melhora completa da dor e recebeu alta após 5 horas do procedimento e foi para casa caminhando, sem restrições importantes”, contou o ortopedista.


A cirurgia Endoscópica de Hérnia de Disco não marcou evolução apenas para o MPHU, hospital vinculado à Universidade de Uberaba (Uniube), mas também é um marco para a medicina em Uberaba. “Foi a primeiro procedimento desse tipo realizado na cidade e, fazer parte da equipe que cumpriu essedesafio, é muito gratificante para nós”, ressalta a enfermeira assistencial da cirurgia, Letícia Quirino.


“Acredito que o procedimento marca uma nova fase do tratamento cirúrgico das hérnias discais em Uberaba. Representando um procedimento seguro e moderno”, completa o ortopedista Anderson Dias. 


**crédito da foto (DIVULGAÇÃO Uniube) - Equipe médica e enfermeiros que participaram da cirurgia