Medicina e Odontologia Uniube participam da vacinação contra covid-19 em Uberaba

25 de junho de 21
1 / 1

Os alunos dos cursos de Medicina e Odontologia da Uniube foram convidados para participar do processo de vacinação contra a covid-19 no município. O convite foi feito pela Secretaria Municipal de Saúde, devido à grande demanda e à necessidade de suporte na atenção à população de Uberaba e cidades vizinhas. Foram selecionados os alunos em estágio da disciplina de Saúde Coletiva e Saúde Bucal Coletiva, respectivamente.


A participação acontece com os alunos do 3º e 4º períodos de Odontologia, acompanhados por cirurgiãs-dentistas, preceptoras da rede municipal, para orientação nas atividades desenvolvidas. Já quanto à Medicina, participam alunos do 9º período, orientados pela professora da disciplina de Saúde Coletiva, Célia Carvalho.  "Entendendo o papel da Universidade frente à comunidade e a consideração do atual momento de urgência em saúde pública, o convite foi prontamente aceito. Foram designados alunos do internato [Medicina] por já terem sido vacinados. E o maior aprendizado que acredito que tenham tido é sobre o comprometimento necessário ao médico, aqui em formação, com a sociedade em seu processo sanitário", conta a professora Célia Carvalho.


Nos dois cursos, a atuação dos alunos acontece de forma ativa, principalmente, por meio da organização de filas, na triagem, orientações gerais à população e preenchimento de cartões de vacina.  "O estágio é muito importante na formação de profissionais competentes e habilitados para o exercício de suas funções. A participação nos drives de vacinação é uma oportunidade de fazer parte de ações preventivas em tempos de pandemia, aprendendo algo novo, exercitando o trabalho em equipe interprofissional, além de desenvolver habilidades, como respeito, ética e comunicação em uma situação de emergência em saúde pública", destaca a chefe do Departamento de Saúde Bucal e professora da Uniube, Marcia Helena Destro Nomelini.


O auxílio dos discentes em todo o processo de vacinação propicia um atendimento mais efetivo, rápido e eficiente. "Esse auxílio tem possibilitado que o Governo Municipal de Uberaba amplie o número de doses sendo aplicadas por dia, além de diminuir o tempo de espera das pessoas.  A vacinação é um processo muito amplo, no qual estamos podendo absorver a ajuda de todos os alunos, dos diversos cursos que estão contribuindo para este processo, principalmente porque estes alunos têm apresentado uma sensibilidade no acolhimento das pessoas que é essencial para o atendimento de serviços de saúde", enaltece a coordenadora da Comissão de Vacinas de Uberaba, Ana Vera Abdanur.


E para os estudantes a prática é enriquecedora, segundo a estudante de Medicina, Isadora Hueb Barata de Oliveira. "Estamos ajudando a população, esclarecendo dúvidas e orientando sobre os documentos necessários para vacinar. Além disso, esta participação auxilia nosso trabalho nas Unidades de Saúde, pois com isso entendemos a logística do sistema e conseguimos orientar as pessoas desde a Atenção Básica, o que agiliza o processo nos locais de vacinação. É um trabalho cíclico, no qual a atuação nos locais de vacinação auxilia nossa demanda nas Unidades de Saúde e esse auxílio facilita o processo na vacinação".


A aluna do 4º período de Odontologia, Jéssica Ribeiro, pontua a importância da atuação dos alunos na campanha de vacinação para aprendizagem do trabalho em equipe. "Podemos aprimorar as habilidades de suma importância para os profissionais da saúde, como responsabilidade, empatia, comunicação e respeito. A ocasião me ensinou que o trabalho dos profissionais da odontologia vai além do cuidado com a boca, ele envolve a saúde como um todo. Fazer parte deste momento tão esperado por todos será inesquecível, agregando valores na minha vida pessoal e profissional, pois agora faço parte de um grande marco mundial, que é auxiliar na vacinação contra a covid-19", continua.


Já para o estudante do 9º período de Medicina, Arthur Cesário de Castro Neto, a experiência foi essencial para que ele entendesse como funciona a campanha e como é organizada. "Eu me senti uma pessoa muito útil, foi bom poder ter feito parte desta campanha e poder retribuir para a cidade o que ela nos oferece. Poder participar deste momento histórico da saúde em nosso país é muito importante, sair um pouco do âmbito universitário, fora do hospital, vivenciar e ajudar as pessoas neste sentido foi significativo", conclui o aluno.