Junho Vermelho: Amizade Compatível participa de ação com o grupo Antigos da Praça

11 de junho de 19
1 / 5
2 / 5
3 / 5
4 / 5
5 / 5

O grupo Antigos da Praça, em parceria com a Uniube e o Hemocentro de Uberaba, realiza, durante o mês de junho, uma campanha de conscientização da doação de sangue. A atividade, que teve início no último domingo (09), visa reunir os alunos do projeto de Extensão Amizade Compatível na praça Doutor Jorge Frange para tratar sobre o tema e distribuir panfletos explicativos.


 A ação está relacionada ao Junho Vermelho, mês nacional da conscientização da doação de sangue. “Nós estamos reunidos para fazer uma ação social e para convidar toda a população para a doação de sangue, aumentando o nosso banco no Hemocentro de Uberaba. Então nós convidamos todos os amantes do antigo automobilismo e a população em geral para essa campanha que acontecerá durante todo o mês de junho”, explica Ítalo Manzi de Oliveira


Esteve presente também o presidente da Associação dos Motociclistas e Motoclubes de Uberaba, José Carlos Tosta. “Nós estamos sempre aqui na praça Doutor Jorge Frange, juntamente com o pessoal dos carros antigos para fazer ações sociais, aproveitamos o domingo para trazer todos à praça para poder usufruir do que é nosso. O espaço público tem que ser preenchido pelo cidadão” esclarece José.  


A reunião acontecerá todo domingo na praça Doutor Jorge Frange, e as doações serão agendadas para os sábados deste mês: 15, 22 e 29. “A participação do Amizade Compatível vai ser de conscientização das pessoas que estiverem na praça. Vamos abordar as pessoas com os panfletos que serão fornecidos pelo hemocentro, e os alunos vão perguntar se elas conhecem a necessidade do hemocentro de manter os estoques de sangue; a importância da sociedade em geral se envolver”, explica a coordenadora do projeto Amizade Compatível e da Extensão da Uniube, Maria Theresa Cerávolo Laguna.


Ainda segundo a professora, é importante que os alunos consigam abordar individualmente as pessoas. “Cada um tem uma dúvida específica sobre doação de sangue e medula óssea.  Então, a importância dessa ação é realmente levantar algumas questões que são dúvidas, às vezes mitos, e desmistificar tais questionamento para, então, serem uma informação correta. Então o aluno vai ter conhecimento das dúvidas da população e levar a informação correta para ela, gerando um crescimento para o próprio aluno que passa a entender o que chega de conhecimento para a comunidade”, complementa.


Os alunos do 7º período de Medicina, Gabriela Teixeira Argondizzi, Giovani Zago Borges e Sicília Lins Peixoto Arruda, e integrantes do Amizade Compatível participaram da ação no último domingo e compartilham a relevância que a conscientização teve. “Essa ação é importante, pois o grupo Antigo na Praça já possui engajamento social e isso facilita para outras causas: como doação de sangue. Então, abordar o pessoal em um momento como esse, de descontração familiar acaba facilitando tanto para nós, quanto para eles mesmos na adesão da campanha”, conta Giovani.


Sicília  conta que uma dificuldade percebida é a falta de conhecimento do pessoal sobre a doação de medula. “Eles não sabiam que poderiam fazer o cadastro, nós explicamos melhor sobre e pedimos para que eles tivessem uma conscientização maior sobre essa doação para aumentarmos, cada vez mais, o nosso banco de cadastros”. 


“Eu vim hoje aqui na praça porque eu acho muito importante disseminar esse conhecimento sobre doação de sangue e sobre os pré-requisitos que a pessoa precisa preencher para doar, sobre a necessidade dos doadores de medula óssea e eu acho importante porque ao mesmo tempo que várias pessoas precisam, nós também podemos precisar um dia, desse sangue, dessa medula”, finaliza Gabriela.