HVU realiza entrega de cateto taxidermizado à Polícia Ambiental

10 de março de 21
1 / 1

Os alunos do curso de Medicina Veterinária da Universidade de Uberaba (Uniube) e técnicos do Hospital Veterinário de Uberaba (HVU) entregaram à Polícia Ambiental de Uberaba, nesta quarta-feira (10), um cateto (porco-do-mato) taxidermizado. A taxidermia consiste na técnica de preservação da forma da pele do animal depois de morto, a fim de contribuir para estudos científicos ou exposição.


O cateto foi apreendido durante uma blitz em estrada rural de Uberaba e chegou morto ao HVU. Segundo o gerente clínico do Hospital Veterinário, Cláudio Yudi, o cateto é um animal silvestre do cerrado e alvo de caçadores. "O cateto será usado para educação ambiental, pois é proveniente de caça, que é proibida", explica.


Participaram do processo de preparação, montagem e entrega do cateto à Polícia Ambiental os alunos da Uniube e estagiários de Medicina Veterinária no HVU, Henrique Mendonça Imada, Júlia Ciabotti Sedassari Galvão e Paola Stephanie Queiroz do Amaral e os técnicos do HVU Hélio Alberto e Arthur Queiroz Fernandes.


 A técnica de taxidermia é usada para criação de coleção científica ou para fins de estudos e é uma importante ferramenta de conservação. O preparo do animal pode levar até seis meses para confecção total.