Extensão Uniube e Secretaria de Educação oferecem curso gratuito a professores da Casa do Educador

17 de maio de 21
1 / 2
2 / 2

A Extensão, por meio do projeto "Formação continuada de professores: itinerários para a profissionalidade" e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, realizará um curso, gratuito e on-line, destinado a professores formadores da Casa do Educador. O objetivo da capacitação é oportunizar aos profissionais da Educação Básica do Município a vivência de um processo de formação continuada. A formação tem início neste mês e acontece até dezembro. Ao todo, 50 vagas são ofertadas. 


A capacitação prevê o aprofundamento de aspectos teóricos e práticos para a formação, visando à melhoria da qualidade do ensino, com base em um melhor desenvolvimento do professor formador. "Queremos oportunizar aos participantes a apresentação de resultados de outros projetos, incluindo a pesquisa, conduzidos em suas atividades, contribuindo para o conhecimento sobre a prática pedagógica desenvolvida nas escolas da Rede; e permitir a vivência de um ensino contextualizado, abordando temas sociais relevantes, ligadas aos aspectos socioeconômicos e culturais, de forma a favorecer um ensino voltado para a formação do cidadão crítico, responsável, solidário e consciente de seu papel na sociedade, especialmente no contexto pandêmico e pós-pandêmico", explica o professor da Uniube, Tiago Zanquêta.


O curso acontecerá de forma on-line com um encontro por mês. Na coordenação do curso, este ano, estão os professores do Programa de Pós-graduação em Educação da Uniube, Tiago Zanquêta de Souza e Adriana Rodrigues e a coordenadora pedagógica da Casa do Educador Profa. Dedê Prais, do Departamento de Formação Profissional da prefeitura municipal de Uberaba, professora Marisa Borges. "Pretendemos oportunizar aos profissionais da Educação Básica da Rede Municipal de Ensino de Uberaba, especialmente professores(as) formadores(as), a vivência de um processo de formação continuada, enquanto possibilidade de desenvolvimento profissional, considerando-se o cenário atualmente vivido", continua o professor Tiago.


Para a coordenadora pedagógica, Marisa Borges, o curso tem caráter integral e reflexivo. "Ele nos faz pensar sobre as nossas práticas e, ao mesmo tempo, redirecioná-las de tal maneira que possamos ter autonomia sobre as nossas ações, mas construir também essa autonomia e novos saberes junto aos nossos alunos. Os nossos desejos são de termos realmente a educação superior dialogando conosco, educação básica, já que estamos aqui no chão de sala de aula, na ponta. De repensarmos nosso retorno à sala de aula, de repensarmos que ensino híbrido é esse, o que está sendo refletido junto aos nossos alunos e de termos também acesso ao que as novas pesquisas apontam", conta Marisa


Primeira reunião


Na última sexta-feira (14), foi realizado o primeiro encontro do curso com os professores e organizadores. "Estamos bastante ansiosos, sabendo que, com certeza, poderemos trilhar o que não foi possível trilharmos no ano passado. Um curso dinâmico, um curso criativo, um curso com muitas rodas de conversa. Foi isso que foi possibilitado a mim no ano passado e tenho certeza de que este ano possibilitará que eu busque muito mais por meio dessa parceria", finaliza a professora Marisa Borges.