Extensão: Projeto da Uniube desenvolve educação financeira nas escolas

25 de maio de 18
1 / 2
2 / 2

Noções de economia e planejamento de finanças é de extrema importância na vida adulta e, melhor ainda, é desenvolver tal conhecimento desde cedo. Pensando nisso, o Projeto Extensionista Educação Financeira nas Escolas visa fornecer conhecimentos necessários para que os alunos do ensino médio do município de Uberaba possam tomar decisões financeiras mais autônomas e conscientes.


Segundo o coordenador do projeto, professor Eduardo Gouvêa, a situação econômica de milhões de brasileiros coloca o cidadão em contato com diversas situações e operações financeiras pouco familiares para muitas pessoas. “Somado a isso, o aumento das possibilidades de consumo torna necessário promover a educação financeira para despertar a consciência da população quanto às suas decisões individuais e familiares relacionadas a seus recursos”, reforça o professor.


O projeto, que conta com a participação de alunos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Gestão Financeira, visa promover a conscientização de alunos em relação as decisões de crédito, investimento, proteção, consumo e planejamento que proporcionem uma vida financeira mais sustentável. “Além de adquirir um conhecimento a mais, é muito gratificante para mim poder levar um pouco desse projeto para outros alunos que, assim como eu, não tiveram a oportunidade de conhecê-lo. Minha expectativa é que ele cresça e seja incluído nas escolas como disciplina escolar pois a educação financeira é de suma importância”, destaca a estudante de administração Luana Lima.


Com duas visitas já realizadas em escolas, o projeto conta com livros destinados ao ensino médio que oferecem ao aluno e professor, atividades educativas com a inserção desse tema na vida escolar. “Utilizamos o livro Economia financeira em casa e na vida social sendo este dividido em três grandes seções: Vida Familiar Cotidiana, Vida Social e Bens Pessoais. Em cada uma delas, renda, despesas, receita e orçamento são abordados em sete situações didáticas que trazem personagens e casos para reflexão que aproximam das discussões presentes no dia a dia do público estudante”, conclui o coordenador.