Ex-aluna de Veterinária da Uniube é autorizada a exercer profissão na Europa

01 de junho de 21
1 / 2
2 / 2

A egressa do curso de Medicina Veterinária da Uniube, Catherine Stas, foi aprovada na prova Exactamente: conhecimentos veterinários. A prova é feita para a obtenção de autorização para o exercício da profissão na Europa. Catherine é natural da França e residiu no Brasil por seis anos para estudos. A partir da aprovação, ela poderá atuar como médica-veterinária no país e em toda comunidade europeia.


O exame acontece anualmente e é feito em três etapas, a primeira por meio de uma prova escrita e a segunda e terceira através de uma prova oral. "Na primeira parte eu tinha que ter uma média em quatro domínios da Medicina Veterinária: animais de companhia; animais de produção; higiene e regulamentação alimentar e legislação. Foi muito difícil, mas consegui passar para as próximas fases", conta a ex-aluna.


As próximas etapas foram feitas por prova oral, com a presença de um júri de dez pessoas. O candidato escolhe os pontos de interesse, mas é obrigatório ter, pelo menos, uma prova de animais de companhia e legislação. "Eu tive que estudar muito, pois a legislação da atuação do médico- veterinário na Europa é muito extensa. Fiquei dois meses em casa só estudando basicamente", continua Catherine.


A médica-veterinária já assinou o contrato e assumirá a profissão no país até o final de setembro. Ela irá atuar no atendimento de animais de companhia e animais exóticos. "Sinto-me bem, preparada, fiz muitos estágios aqui na França e conheço como funcionam as clínicas aqui. Eu percebi que não tinha motivo para me sentir insegura quanto ao processo para ser veterinária aqui, por ser tão difícil. Na verdade, eu vi que estou até mais preparada do que muitos aqui, eu tive muitas experiências no Brasil, práticas, enfim, minha formação foi muito boa na Uniube".


Catherine escolheu a Uniube, pois viu no curso uma grande oportunidade de crescimento na área. "É um curso de tempo integral, com muitas aulas práticas em um Hospital Veterinário renomado. Então, isso foi o que me atraiu para fazer Medicina Veterinária na Uniube. E eu não fui decepcionada, tive as práticas que queria ter e com professores muito bons, com grande proximidade com os alunos. Estou extremamente feliz e grata pelos anos de estudo de grande qualidade na Uniube. Minha formação me diferencia muito, só tenho gratidão", finaliza.