Estudantes de Uberlândia recebem prêmio de incentivo ao estudo

01 de outubro de 18
1 / 5
2 / 5
3 / 5
4 / 5
5 / 5

Na última quinta-feira, 27 de setembro, a Uniube Uberlândia premiou os alunos das escolas públicas e privadas de Uberlândia que foram destaque em 2018. O objetivo da premiação é incentivar os alunos e motivá-los a se dedicarem aos estudos e, consequentemente, à jornada profissional.


Foram duas categorias de premiação: alunos com melhor desempenho escolar em cada escola – Destaque da Escola e os três alunos com melhor desempenho no ranking geral de escolas – Destaque da Cidade. As escolas cujos alunos foram destaque também foram reconhecidas.


Segundo o Superintendente Regional de Ensino, Jakes Paulo Felix dos Santos, essa é uma forma de valorizar os alunos e as escolas. “Ficamos muito felizes com a adesão das instituições de Ensino Médio e com o compromisso por parte dos diretores. Principalmente pelos alunos da rede pública serem reconhecidos pelo esforço, isso é muito importante”, disse.


A coordenadora executiva do Instituto Algar, empresa parceira na premiação, Carolina Tofolli, conta que o prêmio tem muito a ver com o que a empresa acredita, uma vez que reconhecer os alunos que estão indo bem é uma forma de impulsioná-los e fazê-los entender que são espelhos e motivação para outros alunos. “Nós sempre acreditamos no desenvolvimento das pessoas que fazem a diferença na sociedade e para que essa diferença possa acontecer a base é a educação.


O prêmio “Embaixador Mário Palmério e Comendador Alexandrino Garcia” visa valorizar o Ensino Médio, reconhecendo-o como determinante para o desempenho futuro do aluno ingressante na vida acadêmica, profissional, e para a sociedade. A premiação tem o objetivo de reconhecer e evidenciar os alunos que tiveram o melhor desempenho de cada escola de Uberlândia.


Para o Magnífico Reitor da Uniube, Marcelo Palmério, esse tipo de reconhecimento é muito importante para o incentivo à educação. “Toda iniciativa que chama a atenção para esse aspecto importante da formação pessoal é importante e gratificante, isso devia acontecer mais vezes no âmbito de cada escola para estímulo de seus alunos. É importante que os jovens sejam persistentes e batalhadores, porque nada é conseguido sem esforço”, finaliza o reitor.