Estudante da EAD Uniube lança livro manifesto pela mudança do homem e pelo respirar da natureza

30 de novembro de 17
1 / 2
2 / 2

O estudante do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas EAD Uniube (polo de Barbacena), Delton Mendes Francelino, é autor do livro Infinitas Estações. A obra é resultado de cerca de 4 anos de pesquisa sobre os variados processos sociais, culturais e ambientais que envolveram e mitigaram as discussões sobre a implementação do projeto de Integração das Bacias do rio São Francisco e do Nordeste Setentrional, popularmente conhecido como "transposição do Velho Chico".


Delton é atualmente diretor Internacional do Instituto Curupira (Minas Gerais, São Paulo e EUA); e coordenador científico do Sophia: núcleo de pesquisa em Ecologia holístic. Infinitas Estações é um livro feito de afetos e sensações: busca sensibilizar e estimular para a mudança, para a transformação da humanidade e do modo como interpretamos e significamos a natureza, o planeta e o universo.


Com textos breves e poesias livres de padrões estéticos, essa obra, assim como seu autor, é um produto de experiências, de fertilizações e de resiliência. É um manifesto livre por novos olhares, pela apropriação da simplicidade como elemento chave para qualquer projeto de novo mundo. Singelo e de fácil leitura, trata-se de um manifesto crítico ecosófico, além de constituir-se um incentivo para a percepção e construção de sentidos ambientais.


Assim como as estações do ano possibilitam diferentes perspectivas ecossistêmicas e de convívio planetário, o objetivo da obra é realmente evocar a percepção sobre como a mudança é urgente e precisa ser resiliente, nunca fixa e imutável. As condições atuais exigem transformação de paradigmas culturais e, justamente nesse sentido, o livro também aborda questões de educação e sensibilização ambiental.