Estudante aprovada em Medicina na Uniube compartilha técnicas de estudos com vestibulandos

28 de maio de 21
1 / 1

Foi ainda na infância, no primeiro contato com a pediatra, que a estudante Nayara Gondim percebeu qual seria a profissão que iria seguir: Medicina.  Ao longo dos anos, impressionava-se por todos os médicos pelos quais passava e despertava ainda mais no coração de Naná, como é conhecida, a vontade de fazer diferença na vida das pessoas. O amor pela profissão e a criatividade da estudante foram fundamentais para que a aprovação chegasse rápido. Nayara descobriu uma nova técnica de estudos e agora se dedica a repassar esses formatos para ajudar vestibulandos.


Nayara foi bolsista nas instituições em que estudou. Segundo a estudante, os pais sacrificaram muito para pagar escola para ela e o irmão. "Sempre gostei muito de estudar, mas no ano passado percebi que o jeito que eu estudava não era tão eficiente, aquele método: matéria dada, matéria estudada, não estava me dando os frutos que eu precisava. Então, eu decidi buscar novas formas de estudos, como o active recall, flashcards, simulados e um melhor preparo para a aula. Eu selecionava as matérias que eu ia dar preferência", compartilha.


A forma de estudos começou a gerar ótimos resultados, então, Naná percebeu que tinha que compartilhar esse formato. "Eu não podia ficar sabendo disso sozinha. Eu ficava injuriada de saber das coisas, de ter descoberto essa abordagem e não passar isso adiante. Então decidi fazer um material de revisão e planejamento dos estudos para disponibilizar nas redes sociais. Eu criei tudo isso, transformei o meu perfil pessoal em um perfil de estudos, justamente porque eu queria levar as informações a mais pessoas. Muita gente me procurou para ter acesso a esse material e pra trocar ideia sobre o cursinho, sobre esses novos métodos", continua.


Nayara continuou a produção de orientações e técnicas de estudos após receber um feedback positivo nas redes. "Estou tentando repassar alguns conselhos do que aprendi enquanto fui mudando de mentalidade. Faço vídeos rápidos e divertidos para ser uma coisa mais leve, não ficar falando de estudos o tempo todo. E isso me desperta, mais uma vez, a vontade de fazer diferença na vida das pessoas, quando alguém me chama e pede para conversar ou para falar sobre estudos e eu explico, oriento; e se a pessoa agradece, e eu vejo que contribui com alguma coisa, meu coração até saltita. Eu quero ajudar as pessoas, quero fazer Medicina porque eu quero transformar, fazer a diferença, mostrar um outro lado de humanidade mesmo".


A aprovação pelo FIES em Medicina foi uma surpresa para a estudante. "Eu fui chamada em lista de espera, no último dia do fechamento do FIES. Então, eu não esperaria que tinha chegado a minha hora. Não sei explicar, porque é como se eu tivesse dado um passo para um grande sonho, parece meio clichê, mas é um sonho que tenho desde pequena, um sonho que eu não esperaria alcançar tão rápido. Foi inexplicável, muito gratificante".


Nayara enaltece ainda a felicidade em poder desfrutar a estrutura oferecida pela Uniube para a formação em Medicina. "Eu não escolhi a Uniube, a Uniube me escolheu, por isso tentei FIES e consegui. A Uniube é uma Universidade reconhecida nacionalmente, tem toda a infraestrutura necessária, de primeira linha. Então, essa oportunidade que o FIES me deu caiu como uma luva. Sou muito grata por toda essa conjuntura que eu passei e que me colocou aqui na Universidade".


Medicina Uniube


A Uniube está com inscrições abertas para o Vestibular de Medicina até o próximo dia 31 de maio. As provas serão realizadas no dia 06 de junho de 2021, das 13h às 18h, em Uberaba e Uberlândia. Todas as medidas de segurança sanitárias serão seguidas, conforme orientações de Decretos do Poder Público, para evitar a propagação da Covid-19. As inscrições devem ser feitas pelo site oficial da Uniube: uniube.br