Egresso de Odontologia da Uniube faz curso na Universidade de Viena

24 de agosto de 18
1 / 2
2 / 2

O aluno egresso Tássio Drieu do curso de Odontologia da Uniube iniciou, em 2018, o curso em Disfunção Craniofacial em Ortodontia e Conceitos e Tratamentos em Odontologia Interdisciplinar na Universidade de Viena, na Áustria. O estudante, mestre e doutorando, tem a proposta de continuar realizando outros cursos para oferecer o melhor na área de ortodontia aos pacientes de seu consultório em Belo Horizonte. Apesar de não descartar a possibilidade de atuar profissionalmente no exterior, Tássio deseja permanecer no Brasil e ajudar o país a crescer.  


Segundo Tássio Drieu, a graduação em Odontologia na Uniube foi o alicerce para sua carreira acadêmica. "Conclui minha graduação na Uniube em 2008, e o curso oferecido pela universidade foi de alta qualidade, sendo importantíssimo em todos os cursos já realizados e que eu venha a realizar, visto que ele me deu uma base extremamente sólida não somente em conceitos, mas também em prática odontológica".


Antes de iniciar o curso em Conceitos e Tratamentos em Disfunção Crânio Facial em Ortodontia, o ex-aluno também participou do curso da Escola de Verão de Odontologia Interdisciplinar da Universidade de Viena, o que foi decisivo para dar continuidade aos estudos por lá. "O curso de Conceitos e Disfunção Crânio Facial me trouxe a visão de que o Órgão Mastigatório é único em suas estruturas e funções, e que a atuação do Cirurgião Dentista é muito mais ampla do que se tem ensinado, o nome da graduação deveria ser em Medicina Oclusal e não Odontologia, esse campo que atuamos não é somente dentes é de alta complexidade e devemos mudar a visão de como enxergamos o complexo Maxilo Facial, devendo nos fazer ser respeitado e admirado pelos colegas e pela sociedade".


O ex-aluno também tem passagens em renomadas Universidades como Harvard Medical School e UCLA (Universidade da Califórnia). Para ele, é preciso refletir e afastar o pensamento exclusivamente mecanicista, devendo focar principalmente em um diagnóstico completo, correto e preciso, para se ter um tratamento de excelência na odontologia. "O Dentista moderno deve compreender a importância do Órgão Mastigatório como um todo e dominar a prática para realizar seus tratamentos" finaliza.