Curso de Jogos Digitais da Uniube transforma projeto "Amizade Compatível" em jogo para crianças e adolescentes

16 de julho de 21
1 / 4
2 / 4
3 / 4
4 / 4

Alunos do curso de Jogos Digitais da Universidade de Uberaba (Uniube) desenvolveram um jogo para conscientizar crianças e adolescentes sobre a importância da doação de sangue. O game, que já está disponível para download em smartphones Android, foi criado em parceria com o projeto de extensão "Amizade Compatível: uma doação para a vida" e leva o mesmo nome do projeto.


Segundo os criadores do jogo para celular, a plataforma foi desenvolvida com o objetivo de atrair crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos e conscientizá-los, de forma lúdica, sobre a doação de sangue e a compatibilidade sanguínea, incentivando a cidadania desde cedo.


"O jogo é uma das formas de mostrar, ensinar e disseminar temas que são mais sensíveis de serem abordados. Doação de sangue é um assunto que não é muito abordado com crianças e adolescentes, então, além de tornar mais significativa a disseminação do assunto, impacta o estímulo à doação de sangue, seja indiretamente, como multiplicadores de informação, ou diretamente, como futuros doadores de sangue. Além disso, o jogo também tem o poder de consolidar valores, como a solidariedade e o exercício da cidadania", explica o professor de Jogos Digitais, Patrick Lacerda Ribeiro.


Alunos que participaram da criação do jogo contam que esta experiência foi desafiadora, tanto pelo peso da responsabilidade social quanto pelo fato de trabalhar com jogo voltado para crianças. "Trabalhar com o jogo Amizade Compatível agregou muito para o meu aprendizado, pude conhecer mais sobre a doação de sangue e sua importância. Tivemos que adaptar o tema à nossa realidade, transformar o sangue, por exemplo, para que ele parecesse algo divertido, sem o aspecto que daria medo às crianças", comenta a aluna do 5º período de Jogos Digitais, Patrícia Gabriela Rosa Silva.


Como surgiu?


A ideia de criar o jogo "Amizade Compatível" surgiu do grupo de extensão, que já realiza ações de conscientização sobre doação de sangue e medula óssea em Uberaba. Segundo o aluno da Medicina e extensionista do "Amizade Compatível: uma doação para vida", João Ricardo Cunha Misson Almeida, o jogo surgiu com a proposta de atingir diretamente crianças e adolescentes com o projeto, já que eles, devido à idade, ainda não são público-alvo das ações do programa de extensão.


"É essencial disseminar informações importantes para jovens de forma lúdica, visto que esses sempre procuram a diversão em seus afazeres, sendo assim, misturar a diversão com aprendizado é uma grande maneira de passar conhecimentos novos e importantes. Com isso, o tema de doação de sangue pode ser mais bem entendido para jovens que se divertem com o jogo e ao mesmo tempo aprendem sobre o tema", compartilha João.


O diretor do curso de Jogos Digitais, Luiz Fernando Paiva, comemora a parceria entre o curso e a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão (Propepe). "A extensão tem grande importância na formação dos alunos, pois, além de contribuir significativamente para a aprendizagem e o desenvolvimento de competências em suas áreas específicas, contribui também para sua formação como cidadão, devido ao desenvolvimento de projetos junto à comunidade, a partir do ensino e da pesquisa promovidos pela Universidade", finaliza.


A coordenadora dos Programas e Projetos de Extensão da Propepe, professora Maria Theresa Cerávolo Laguna Abreu, conta que a parceria entre os alunos da Medicina e de Jogos Digitais foi um grande sucesso. A partir de agora, os extensionistas do 'Amizade Compatível: uma doação para a vida' poderão incluir crianças e adolescentes nos projetos de extensão e incentivá-los a aprender jogando.


"Os alunos de Jogos Digitais entraram de cabeça na proposta e desenvolveram o jogo incluindo frases de motivação para que os jogadores mirins possam conversar sobre a doação de sangue com seus familiares. O programa 'Amizade Compatível' pretende realizar ações em escolas por meio de atividades lúdicas utilizando o Jogo Amizade Compatível para isso. Já tivemos o aceite do Instituto Madiba, de Sacramento, como um dos primeiros locais de realização da atividade de extensão com alunos de 10 a 12 anos que frequentam as atividades do local", compartilha Maria Theresa.


Conheça o jogo


No jogo "Amizade Compatível", os personagens representam doadores de cores, que são relacionadas aos tipos sanguíneos. São três fases que acontecem em cenários diferentes: o Parque, a Floresta e a Caverna. Em cada fase, o jogador encontrará ambientes que estarão precisando da doação de algum sangue específico, representado pela cor. Para vencer, é necessário que o jogador consiga ajudar todos os habitantes que precisam de sangue, compartilhando o sangue coletado e doando a cada um deles.


Segundo um dos desenvolvedores do jogo digital, o aluno do 5º período de Jogos Digitais, Felipe Martins Leandro, a criação de jogos na conscientização de crianças e adolescentes tem se tornado cada vez mais comum, haja vista que eles são mais atraídos pelo material lúdico.


"Para conseguir se comunicar com os jovens, é preciso 'falar a língua deles'. Isso quer dizer que a maneira antiga de conscientização já não é mais tão eficaz, pois, devido à acessibilidade que se tem hoje quanto aos jogos digitais, é muito mais provável que o jovem encontre essas informações em um jogo do que em algum jornal ou na TV, por exemplo. Portanto, para que esse conhecimento não 'caia no esquecimento', é de extrema importância que a comunidade científica consiga adaptar a maneira como se comunica com os jovens", conta Felipe.


*O jogo está disponível gratuitamente para celulares Android pelo link: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.JogosDigitaisUniube.AmizadeCompatvel