CPA aborda a importância da participação discente nas avaliações internas

25 de fevereiro de 19
1 / 4
2 / 4
3 / 4
4 / 4

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Pró-Reitoria de Ensino Superior da Uniube promoveu, na última semana, uma reunião com os alunos (calouros e veteranos) do curso de Educação Física. O objetivo foi apresentar como são conduzidos os processos de autoavaliação institucional feitos pela Comissão, e sensibilizar os alunos para a importância da participação deles no processo de avaliação interna.


De acordo com o coordenador da CPA, professor Nelson Rannieri Tirone, a existência de uma Comissão Própria de Avaliação é uma exigência legal (Lei nº 10.861/2044). É ela que é responsável por conduzir processos internos de avaliação da instituição “A CPA tem como principais objetivos produzir conhecimentos, pôr em questão os sentidos do conjunto de atividades e finalidades cumpridas pela instituição, identificar as causas dos seus problemas e deficiências. Também, aumentar a consciência pedagógica e capacidade profissional do corpo docente e técnico-administrativo, fortalecer as relações de cooperação entre os diversos atores institucionais, tornar mais efetiva a vinculação da instituição com a comunidade, julgar acerca da relevância científica e social de suas atividades e produtos, além de prestar contas à sociedade”, explica.


Durante o encontro foi apresentado como tais processos de autoavaliação possuem impacto na vida acadêmica dos graduandos e dos cursos. “Queremos movimentar a comunidade acadêmica (nesse caso, alunos) para melhorar a adesão ao preenchimento dos instrumentos de avaliação e que façam avaliações com a sinceridade necessária para produção de resultados fidedignos;  demonstrar aos acadêmicos e professores a existência do "feedback” após as avaliações; apresentar aos gestores resultados para que a gestão do curso seja realizada, considerando as avaliações internas para o aprimoramento contínuo do planejamento e gestão do curso, e permitir a apropriação dos resultados das avaliações internas pela comunidade acadêmica”, continua.


Participaram da reunião cerca de 100 alunos. A ideia é promover várias reuniões para a conscientização tanto discente, quanto docente da Comissão.  “Seguindo o planejamento estratégico de avaliação do ciclo (2018-2020), a CPA continuará realizando avaliações que abrangem: planejamento e avalição institucional, políticas acadêmicas, comunicação com a sociedade, políticas de gestão e pessoal, além de organização e gestão da instituição, conforme institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)", finaliza.