Coordenador da residência em Ortopedia da Uniube será responsável pelo suporte médico de amistosos da Seleção Brasileira de Futsal

16 de março de 18
1 / 4
2 / 4
3 / 4
4 / 4

O médico especialista em Ortopedia e Medicina do Esporte, José Martins, do Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU), será o responsável pelo suporte do atendimento médico durante os amistosos que acontecerão nos dias 30 de março e 1º abril, na cidade de Uberaba (MG), entre Brasil e Polônia. Juntamente com ele, participarão dos atendimentos os alunos da liga de Medicina Esportiva da Universidade de Uberaba (Uniube). O amistoso entre Brasil e Polônia terá a participação do craque Falcão, e será transmitido pela Sportv (no dia 30/03) e pela Rede Globo (no dia 01/04).


Segundo o médico José Martins, o convite foi feito pela Fundação de Esportes e Lazer de Uberaba (Funel). “Estou bastante honrado pelo convite, porque isto demonstra o resultado do trabalho que realizamos no Hospital Mário Palmério, junto à Residência Médica de Ortopedia e Traumatologia e junto à Liga de Medicina Esportiva da Uniube”, afirma.


Quanto à participação dos alunos, o médico afirma ser de extrema importância essa oportunidade. “Os alunos poderão participar do atendimento de atletas de alta performance, em um torneio internacional de futsal, e colocarem em prática os conceitos orientados durante a graduação em medicina e na liga de medicina esportiva”, destaca.


De acordo com a estudante Núbia Carvalho Pereira, diretora de ensino da liga, o grupo já teve diversas oportunidades de prática na medicina esportiva, e que esse ano essa será a segunda chance que os alunos terão de participar de um evento voltado ao público externo. “Ser convidada para acompanhar aos jogos da seleção nos dá a oportunidade de ver como atua o médico em grandes eventos esportivos, além de poder ter a honra de ficar próxima de atletas conhecidos!”, completa.  


A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) divulgou, na última segunda-feira (12), os convocados para os dois amistosos contra a Polônia. O técnico Marquinhos Xavier não pôde chamar atletas que atuam fora do país. O craque Falcão integra a lista, que tem como principal novidade o retorno do ala-pivô Valdin, de 38 anos.