Clínica de Odontologia da Uniube adquire novos equipamentos

03 de setembro de 21
1 / 3
2 / 3
3 / 3

Com o objetivo de promover uma assistência cada vez mais atualizada e eficiente, a Policlínica Getúlio Vargas da Uniube adquiriu três novos equipamentos: scanner digital, impressora 3D e fresadora odontológica. As inovações serão utilizadas nos atendimentos feitos pela clínica e para a atualização no ensino dos estudantes de graduação e pós-graduação da área da Universidade.


As novas tecnologias implementadas pela Uniube fazem parte do novo modelo de gestão de saúde e buscam favorecer um tratamento mais ágil de pacientes. "Os trabalhos protéticos são complexos de serem realizados, perpassam por várias etapas. Com essa tecnologia que nós estamos implantando agora, scanner, impressora e fresadora, nós conseguiremos pular várias etapas e ter um tratamento mais rápido, com uma tecnologia bastante moderna e avançada", explica o gestor dos serviços odontológicos da Uniube, Fernando Hueb.


O scanner digital faz o mapeamento da boca do paciente, promovendo um preparo específico do dente em que será realizado o trabalho protético. "Ele evita a necessidade de se fazer uma modelagem com o alginato ou silicone. Nós fazemos o escaneamento direto da boca do paciente e isso já é direcionado para um computador. Dele, a imagem vai direto para a máquina que vai fazer o trabalho protético, a peça, que pode ser a impressora 3D ou a fresadora. Assim que a peça fica pronta, ela é levada à boca do paciente", descreve Hueb.


A Clínica de Odontologia da Uniube atende, ao todo, cerca de 800 pacientes por ano, que variam de acordo com a quantidade de alunos de Odontologia vigentes. "Os atendimentos são gratuitos e a Policlínica oferece tratamento de coroas dentárias, próteses totais e parciais aos pacientes encaminhados pelo SUS através do Laboratório Regional de Prótese Dentária, o qual faz parte do projeto do Ministério da Saúde, o Brasil Sorridente. Portanto, esta tecnologia digital facilitará este atendimento e o Curso de Odontologia assume o compromisso da Uniube com a promoção social e ratifica a inserção do aluno no SUS", pontua o coordenador da Clínica de Odontologia, Otávio de Oliveira Filho.

Inovação no ensino


O curso de Odontologia da Uniube objetiva formar profissionais generalistas, capazes de atuar em todos os níveis de atenção à saúde. "Os principais diferenciais agregados para a formação dos egressos estão relacionados à infraestrutura, qualificação docente e carga horária de atividades práticas pré-clínica e clínica. Com essas novas tecnologias de fluxo digital em Odontologia, damos um passo importante na formação dos alunos, pois eles terão oportunidade de utilizar e aplicar essa tecnologia já no atendimento de seus pacientes, concluindo sua formação já com essa tecnologia incorporada", destaca o diretor do curso de Odontologia da Uniube, Luis Henrique Borges.


As atualizações proporcionam aos alunos a oportunidade de conhecer o que há de mais moderno na área e entrar no mercado de trabalho aptos para a utilização de tecnologias nos tratamentos. "Em qualquer área mudou muito tecnologicamente todas as nossas atividades, com a Odontologia não é diferente. A Odontologia convencional continuará, logicamente, a ser ensinada, sendo assim, nossos alunos serão formados tanto do ponto de vista convencional, praticando aquela Odontologia feita há muitos anos, como do digital, que muda a perspectiva e faz todo o planejamento pelo computador", afirma o professor da graduação em Odontologia da Uniube, Gilberto Borges.


As novas tecnologias também servirão como forma de atualização curricular para as novas áreas de atuação que surgem para o cirurgião-dentista. "Não podemos deixar de reafirmar que essas tecnologias, que por ora incorporamos ao curso, são ferramentas que têm facilitado a previsibilidade dos resultados, reduzindo o tempo e o fluxo de trabalho", finaliza o diretor.