Campus Centro da Uniube é palco do lançamento de livros infanto-juvenis

12 de junho de 19
1 / 5
2 / 5
3 / 5
4 / 5
5 / 5

Amigos, parentes e convidados especiais prestigiaram, na noite de sexta-feira (07), o lançamento dos livros “A Árvore Voadora” e “O Velho Carrossel”, dos escritores Alessandra Pontes Roscoe e Hildebrando Pontes Neto. A cerimônia aconteceu no Centro Cultural Cecília Palmério, no Campus Centro da Universidade de Uberaba (Uniube), e contou, inclusive, com a presença de autoridades, como o prefeito Paulo Piau, o vereador Alan Carlos Silva e o presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro (ALTM), João Eurípedes Sabino.


Na ocasião, a Academia de Letras homenageou os dois escritores, admitindo-os na condição de Associados Correspondentes. De surpresa, o ator Nilo Sabino fez uma intervenção durante a cerimônia, com uma performance teatral enfocando as duas obras lançadas. “A Árvore Voadora” e “O Velho Carrossel” são voltados para o público infanto-juvenil.


“Eu fico muito feliz ao ver a presença de dois escritores reconhecidos nacionalmente trazendo, aqui para Uberaba, obras lançadas em todo o Brasil. Eles estão trazendo obras para a sociedade infanto-juvenil, ajudando a formar o caráter das crianças e jovens, o que é muito importante. Estamos em uma fase de desconstrução moral e os livros deles estão vindo na contramão disso. A Academia de Letras do Triângulo Mineiro se sente muito feliz e outros eventos virão”, disse o presidente da ALTM, João Eurípedes Sabino.


O escritor é neto e a escritora bisneta do historiador Hildebrando Pontes, patrono da cadeira número 2 da ALTM, fundada em 1962. Ele morreu em 1940. O vereador Alan Carlos Silva, autor do projeto que concede ao Arquivo Público o nome de "Arquivo Público Municipal Hildebrando Pontes, aprovado pela Câmara Municipal de Uberaba, destacou a importância do historiador para a cidade.


“Hildebrando foi um diferencial. Professor, filósofo, escritor, alguém muito bem antenado com a sua época e com uma visão importante em relação a resguardar todo o contexto histórico de Uberaba. E ele fez isso de maneira brilhante. Além de dar nome a uma rua importante de Uberaba, ele agora dá nome também a outro local importante para a história e legado da cidade, o Arquivo Público Municipal. Eu me sinto muito gratificado”, finalizou.