Audiovisual da Uniube é nota máxima pelo MEC

13 de setembro de 19
1 / 1

O curso de Tecnologia em Audiovisual da Universidade de Uberaba (Uniube) foi avaliado com nota 5, em uma escala de 1 a 5, pelo Ministério da Educação (MEC). As avaliações são feitas in loco por uma comissão de avaliadores designadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Os cursos com conceito igual ou maior que 3 atendem plenamente aos critérios de qualidade para o funcionamento.


São analisados cerca de 40 indicadores, distribuídos em três dimensões: Organização Didático-Pedagógica, Corpo Docente e Tutorial e Infraestrutura. Na primeira, foi obtida a nota máxima, 5, nas outras a nota 4,67. “A preparação pedagógica de um curso começa em sua concepção. Desde que o curso foi pensado, em 2016, iniciamos a caminhada para estruturá-lo pedagogicamente. Trabalhamos muito para conseguirmos fazer uma apresentação à altura do que o curso e a Uniube mereciam”, conta a coordenadora do curso de Tecnologia em Audiovisual, Celi Camargo, também gestora dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda.


Para a estruturação do curso, foi necessária ainda muita pesquisa e troca de ideias com profissionais da área. “A nota máxima é resultado de um trabalho sério, comprometido em garantir uma educação de excelência, que é uma das marcas características da Uniube. A nota sinaliza que estamos no caminho certo e confirma o diferencial de qualidade que a Uniube oferece aos seus alunos”, enaltece.


 De acordo com a coordenadora do curso, já estão sendo discutidos os próximos planos para a graduação. “Não vamos nos acomodar. Temos muitos projetos que estão sendo desenvolvidos, dentre eles a promoção de um festival de curtas envolvendo não só Uberaba, mas também todo o Estado. Queremos que o curso ganhe as ruas, saia de dentro do campus e interaja com a sociedade. Para isso, pretendemos fazer mostras de vídeos em alguns pontos específicos da cidade e propor debates e reflexões em torno do tema”, pontua.


Curso de Audiovisual na Uniube


Criado em 2017 o curso de Tecnologia em Produção Audiovisual da Uniube é pioneiro na região do Triângulo Mineiro. Com duração média de dois anos, essa graduação surgiu devido à lacuna da falta de mão de obra qualificada para atender o mercado produtor. “O mercado audiovisual é a 5ª maior contribuição do PIB. Ele pertence a uma nova área econômica denominada economia criativa. A indústria do entretenimento audiovisual está crescendo astronomicamente no país com a abertura de canais de vídeos e expansão das TVs digitais”, esclarece Celi Camargo.


A graduação conta com docentes com experiência de mercado, preparados para repassar aos alunos o conhecimento necessário para a produção audiovisual. “O aluno que busca o curso, chega cheio de vontade de atuar neste mercado. Em dois anos de curso colocamos este aluno no mercado de trabalho para ser não só um colaborador, mas também um gestor do seu próprio empreendimento. Agrega-se a isso, o fato de termos laboratórios amplos para atender à demanda”, finaliza.