Alunos de Engenharia Civil da Uniube Uberlândia visitam Usina Capim Branco

14 de outubro de 18
1 / 3
2 / 3
3 / 3

No dia nove de outubro, os alunos do curso da Engenharia Civil da Uniube Uberlândia realizaram uma visita técnica às dependências da Usina Hidrelétrica Amador Aguiar 1 (Capim Branco 1). O objetivo da visita foi mostrar aos graduandos como funciona uma usina hidrelétrica tipo fio d’água.


Segundo a professora Anna Paula Braga, que acompanhou os estudantes na visita, o grande diferencial da Capim Branco é o fato dela estar instalada em um cânion profundo, o que dispensa a construção de uma grande represa, sendo ideal para acompanhar as novas propostas, principalmente de proteção ao meio ambiente. “Tivemos conhecimento de que essa usina é considerada um dos empreendimentos de menor impacto ambiental de Minas Gerais, por ser uma usina hidrelétrica do tipo fio d'água e com uma potência total de 240 megawatts”, afirma a professora.


Para a Anna Paula, a chance de sair da sala de aula e ir a campo proporciona aos alunos um aprendizado impossível de se conseguir de outras formas. “Essa visita vem nos mostrar, mais uma vez, o quanto o aprendizado extraclasse é importante na formação do perfil final do engenheiro”, finaliza Braga.


O que é uma usina fio d’água?


Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – uma usina hidrelétrica fio d’agua é uma usina que utiliza reservatório com acumulação suficiente apenas para prover regularização diária ou semanal de água ou ainda que utiliza diretamente a vazão afluente do aproveitamento. Ou seja, são aquelas que não dispõem de reservatório de água, ou têm dimensões menores do que poderiam ter.


Por não precisar de uma represa de grandes dimensões esta opção vem sendo considerada a mais sustentável, reduzindo a estrutura das barragens e a dimensão dos alagamentos. Neste modelo, aproveita-se a força da correnteza dos rios para gerar energia, sem precisar estocar a água


Sobre a Usina Capim Branco


Ela  faz parte do Complexo Energético Amador Aguiar junto com a Usina Hidrelétrica Amador Aguiar II, que começou a ser construída em 2003 e entrou em operação em 2006. Considerada uma usina hidrelétrica fio d’água, seu reservatório ocupa uma área de 18,66 Km², estendendo-se pelos municípios de Uberlândia, Araguari e Indianópolis.