Alunos de Engenharia Ambiental visitaram o aterro sanitário em Uberlândia

22 de junho de 17
1 / 4
2 / 4
3 / 4
4 / 4

Os alunos do curso de Engenharia Ambiental da Uniube Uberlândia visitaram o aterro sanitário da empresa Limpebras, como parte das atividades técnicas planejadas na disciplina de Geologia. Os alunos foram acompanhados pelo professor Rogério Gouveia e recebidos pela Engenheira Karina, que apresentou as instalações e o processo de recebimento e tratamento dos resíduos.


O aterro recebe atualmente cerca de 650 toneladas de resíduo por dia. Os graduandos percorreram as células onde são depositados os resíduos, acompanharam o processo de compactação do lixo e a condução do chorume, utilizando a tecnologia do geotêxtil para a impermeabilização do solo e a instalação de canaletas. Esse chorume é destinado para a Estação de Tratamento do Esgoto do Departamento Municipal de Água e Esgoto de Uberlândia e, após o tratamento, é destinado ao rio Uberabinha.


Foram tratados na visita, também, o modelo de produção do gás metano produzido pela decomposição do lixo, que é canalizado e conduzido à usina de produção de energia elétrica (minimizando os efeitos da poluição do atmosférica) e a atividade e preocupação quanto ao monitoramento da contaminação da água por meio do piezômetro (dispositivo utilizado para medir pressões estáticas ou a compressibilidade dos líquidos).


O coordenador do curso de Engenharia Ambiental e Engenharia de Produção, professor Fabrício Pelizer ressaltou a importância de se desenvolver atividades práticas no decorrer do curso aliada aos conceitos estudados em sala de aula. “Os futuros profissionais têm a oportunidade de conhecer a rotina de uma empresa do ramo ambiental, identificar oportunidades e conhecer processos e aplicações dos conceitos e técnicas discutidos em sala, em uma perspectiva multidisciplinar”, afirmou.