Alunos da Uniube realizam ação na Casa de Apoio Danielle

08 de julho de 19
1 / 4
2 / 4
3 / 4
4 / 4

Os alunos da disciplina Comportamento Empreendedor realizaram uma atividade de Responsabilidade Social na Casa de Apoio Danielle. O local foi projetado para atender às necessidades de pacientes oncológicos, bem como aqueles que realizam tratamento nos hospitais da cidade. Participaram do projeto cerca de 40 estudantes, divididos em grupos, para a arrecadação de alimentos e outros produtos para doações aos mais de 60 pacientes do local.


A disciplina está presente nos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Logística, Gestão Comercial, Financeira, Recursos Humanos e Agronegócios. Ela tem o objetivo de conscientizar o aluno a fazer o bem, independentemente do valor financeiro agregado. “Como professor me orgulho de ensinar que ajudar, promover o bem, é fator essencial para o sucesso pessoal do graduando e de toda instituição”, enaltece o professor da disciplina Renner de Brito.


Os alunos fizeram um levantamento das necessidades da casa e se dividiram para a ação. “Visitamos e entregamos tudo. Para os alunos a experiência é única, unir teoria e prática, além de verem de perto as expressões e reações das pessoas que receberam as doações. Foi bastante proveitoso o dia, todos os alunos se motivaram e se fizeram presentes”, continua o professor. 


Para a estudante do primeiro período do curso de Logística, Ligia Aparecida Andre, a experiência foi única e pessoal. “Quando fiquei sabendo como funciona a instituição, passo a passo, me surpreendi. No momento em que a pessoa passa por uma doença e está em uma cadeira de hospital, ela precisa de apoio. Então, por mais simples que o local seja, lá tem muito amor, muito apoio. Ninguém está desamparado, todos unidos”, compartilha.


A aluna ainda reforça o aprendizado profissional que a ação traz. “Todo mundo que saiu dali, saiu com uma missão de vida maior ainda: ser empreendedor não é só abrir uma empresa e ganhar dinheiro, você pode ser um empreendedor e salvar vidas, fazer o bem. Esse é o melhor empreendedorismo, você usar o seu dom para ajudar”, finaliza.