Aluna de Engenharia recebe prêmio por projeto que auxilia deficientes intelectuais

11 de abril de 17
1 / 1

A aluna de engenharia elétrica da Universidade de Uberaba (Uniube), campus Uberlândia, Letícia Segatto, desenvolveu um protótipo eletrônico de jogo da memória para auxiliar no desempenho cognitivo e motor de deficientes intelectuais da Associação de Apoio aos Deficientes no bairro Liberdade (AADL) ,em Uberlândia.


O projeto foi desenvolvido pela graduanda, com o apoio das pedagogas da associação e a orientação da engenheira biomédica e docente da Uniube, Mariana Cardoso Melo. Além do protótipo, que continua em aperfeiçoamento, os esforços resultaram em reconhecimento, uma vez que o projeto foi premiado como um dos três melhores trabalhos apresentados na IV Mostra de Tecnologias em Saúde do IV Simpósio de Engenharia Biomédica (SEB), realizado em 2016, pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).


Para acessar a matéria completa clique AQUI