1ª Marcha dos Penitentes pela Superação da Violência acontece nesta sexta-feira

23 de março de 18
1 / 1

A 1ª edição da Marcha dos Penitentes pela Superação da Violência será realizada nesta sexta-feira (23), à meia-noite, com concentração na praça Santa Teresinha. Durante o percurso serão lembradas as 14 estações da via-sacra.


O professor da Universidade de Uberaba (Uniube) e coordenador do projeto, Décio Bragança, destaca o objetivo da marcha: “Estamos resgatando uma tradição que surgiu há mais de 300 anos para dar voz às pessoas discriminadas e sem direito de defender-se na época. Hoje, a Marcha dos Penitentes tem outros gritos, como a diferença salarial, agressões, preconceito, enfim, um grito de quem está sendo jogado a margem da sociedade”, explica Décio.


O intuito é passar por lugares significativos na cidade de Uberaba. “Nós iremos passar por exemplo, onde era a igreja do Rosário situada na Arthur Machado, no cruzamento com a presidente Vargas. Ela era chamada na época ‘Igreja dos Pretos’, porque Nossa Senhora do Rosário é sempre homenageada pelos afrodescendentes. Depois nós vamos para a praça do Grupo Brasil, que tem um monumento em homenagem à Mãe Preta, que amamentava os filhos da patroa. Depois vamos para dois asilos e três hospitais. Vamos passar na frente de alguns lugares significativos”, explica Décio


A Marcha dos Penitentes é aberta a toda população sem distinção de religião. “As pessoas precisam reagir de alguma maneira, elas estão muito acomodadas. E talvez seja esse um dos principais motivos da marcha”, declara o professor Décio.